O tempo é de oração e equilíbrio

 

A mensagem mediúnica abaixo foi recebida na FEB – Federação Espírita Brasileira  pelo espírito José do Patrocínio através do médium João Pinto Rabelo e nos alerta sobre os últimos acontecimentos de perturbação da ordem que vem acontecendo no Brasil e dos acontecimentos que estão por vir com o evento da Copa do Mundo de futebol.

orar pelo br

                                     Prudência

Aquietemo-nos! Relembram os Instrutores Espirituais.

A transição recomenda prudência.

A Pátria do Cruzeiro com a responsabilidade de representar a fraternidade na Terra, está diante dos olhos do Mundo que aproveitando a ocasião dos jogos redescobre o Brasil.

Colocamo-nos, nesse momento, à disposição dos benfeitores, para pedir as bençãos para nossa gente, para nossa terra, para nosso torrão Natal. E percebemos cuidado dos Espíritos Nobres que representam os Pais da Pátria, para zelar pelo equilíbrio, pela prudência e pela ordem.

Os benfeitores nos recomendam prudência. Aquietarmos antes de acelerarmos; paciência, antes  que a preocupação maior: oração, antes que receio.

Os nossos  Amigos Maiores  pedem  que nos habituemos nesses  dias:  amanhecer  orando pela  Pátria; durante o dia, mentalizar a paz na Pátria; ao adormecer, orar pelo equilibro da Pátria, porque  o  mundo  espiritual  nobre,  certamente,  cuidando  de  nós,  cria  as  condições  de  defesa  para  que  os  acontecimentos ocorram com equilíbrio,  para que a ordem não se deixe vencer pela desordem, para  que a prudência nos conduza com equilíbrio à condução do processo das mudanças necessárias.

Os  irmãos  infelizes,  acostumados  à  balburdia,  à  desordem  no  mundo  espiritual  inferior,  querem  aproveitar,  também,  no  seu  trabalho  organizado,  chamar  atenção  do  mundo,  para  desmoralizar o grande Programa de Jesus para o Brasil.

Por isso, em nome deles,  nós  queremos  pedir aos  nossos companheiros  o hábito da oração em favor da paz.

Teremos,  certamente,  preocupações graves que devem esperar de nós e receber  das nossas  orações o testemunho do equilíbrio, para que as forças do mal não encontrem espaço  também em  nós.

Os espíritas conhecedores desses acontecimentos, da ação dessas criaturas infelizes, nossos  irmãos, devemos estar conscientes de que representamos elos da grande corrente da  Bondade  que protege o grande programa que o Cristo de Deus colocou nas mãos do povo Brasileiro.

Estejamos,  pois,  meus  irmãos,  atentos,  não  sejamos  aqueles  que  multipliquem  as  más informações e notícias,  mas asserenados, aquietados,  nos liguemos aos benfeitores,  nesse momento  importante,  para que possamos transmitir para o Mundo inteiro a  nossa  gente tão boa, a expectativa de um ambiente de paz e de um povo ordeiro e generoso, e sobretudo Cristão.

Orando  juntos,  estaremos  ligando  as  forças  vivas  da  bondade,  que  emana  do  coração  do  nosso  mestre,  o  Cristo  de  Deus,  estaremos  oferecendo  aos  nossos  dirigentes  encarnados,  aqueles  homens  e  mulheres  que  têm  a  incumbência  de  zelar  pelo  equilíbrio  e  pela  orientação  política, econômica,  social  do  Brasil,  para  que  os  acontecimentos,  que  possam  ocorrer,  não  perturbem  a  generalidade da Nação, e para que o  programa do Cristo se faça maior do que os transtornos, e para  que, de um modo geral, todos nós contribuamos para a paz.

Mantenhamo-nos  aquietados,  confiantes,  vigilantes  e  orando,  entregando-nos  às  mãos  santíssimas de Jesus de Nazaré.

O  Anjo  Ismael,  aqui,  na  Federação  Espírita  Brasileira,  organizou  programa  de  trabalho intenso, com os espíritos que representam os dirigentes espirituais do Brasil, para estabelecer  nos  pontos  estratégicos,  em  Brasília,  nas  demais  cidades  importantes  do  País,  as  defesas  geradas,  necessárias para a vigilância e para que a ordem não se perturbe.

Não tenhamos receios, confiemos atentos.

Os  momentos  políticos  que  vive  o  planeta  não  têm  como  não  refletir  no  Brasil,  e  representando  o  foco  do  Mundo  nesses  dias  é  importante  que  estejamos  aqui  na  nossa  Casa,  oferecendo  o  melhor  ambiente  vibratório  de  beleza  espiritual,  para  que  o  Anjo  Ismael  possa  cumprir, com o apoio dos Espíritos Nobres, o programa de Jesus.

Os momentos recomendam prudência, como dizíamos, e cuidado.

Oremos meus irmãos e mantenhamo-nos em paz. 

Que Jesus abençoe a  Pátria  que amamos,  que o  Cristo de Deus ilumine as consciências das nossas autoridades, que os ambientes dos jogos sejam protegidos pelas forças da  luz, e que  a  nossa certeza na condução dessas energias nobres faça de nós também instrumento da paz.

Que o Cristo de Deus nos abençoe, abençoe a Federação Espírita Brasileira, abençoe o nosso  País, e nos inclua no grande programa dos trabalhadores do Bem.

Abraço-vos, fraternalmente,

José do Patrocínio.

(Degravação* de psicofonia pelo médium João Pinto Rabelo, na reunião do  Grupo de Assistência e  Apoio aos Povos da África, na sede da FEB, no dia 10 de maio de 2014)

Degravação – Transcrição ipsis verbis: termo utilizado para indicar que um texto foi transcrito ou dito fielmente ao original, ou seja, pelas mesmas palavras. Essa expressão latina tem, na prática, um significado igual ao de ipsis litteris, ou seja, literalmente, textualmente.

Fonte: Site  FEB no link: http://www.febnet.org.br/blog/geral/noticias/prudencia-atualidade

Sobre o Espírito comunicante:

jose  do patrocinio

José Carlos do Patrocínio 

  • 1853: Em 9 de outubro, José Carlos do Patrocínio nasceu em Campos (na então província do Rio de Janeiro), filho natural do padre João Carlos Monteiro e de Justina, escrava africana, vendedora de frutas.
  • 1868: Patrocínio começou a trabalhar na Santa Casa de Misericórdia, no Rio de Janeiro.
  • 1874: Na Faculdade de Medicina, Patrocínio concluiu o curso de Farmácia.
  • 1875: Com Demerval Ferreira, publicou o primeiro número do quinzenário satírico “Os Ferrões“.
  • 1877: Entrou na “Gazeta de Notícias“, respondendo pela coluna “A Semana Parlamentar”.
  • 1879: Casou-se com Maria Henriqueta Sena, a “Bibi”. Iniciou a campanha pela abolição da escravatura.
  • 1881: Ingressou na “Gazeta da Tarde“, vindo a se tornar proprietário do periódico.
  • 1882: A convite de Paula Nei, viajou ao Ceará em campanha pró-Abolição; como fruto, dois anos mais tarde, o Ceará foi a primeira província brasileira a dar a emancipação aos escravos.
  • 1883: Patrocínio redigiu o manifesto da Confederação Abolicionista.
  • 1884: Publicou o romance “Pedro Espanhol”.
  • 1885: Promulgada a Lei dos Sexagenários, que concedeu a liberdade aos escravos com idade igual ou superior a 65 anos. José do Patrocínio visitou Campos, onde foi saudado como um triunfador. No Rio de Janeiro, o funeral de “tia” Justina, mãe de José do Patrocínio, transformou-se num grandioso comício de repúdio à escravidão.
  • 1886: Foi eleito vereador da Câmara Municipal do Rio de Janeiro.
  • 1887: Deixou a “Gazeta da Tarde“, fundou e passou a dirigir o “A Cidade do Rio“. Publicou o romance “Mota Coqueiro ou A pena de morte”.
  • 1888: A 13 de maio, a princesa Isabel assinou a Lei Áurea, extinguindo a escravidão no Brasil; José do Patrocínio beijou as mãos da princesa.
  • 1889: Patrocínio publicou o romance “Os Retirantes”, inspirado na inclemência da seca sobre os habitantes da região nordeste do Brasil. Foi acusado de fomentar a violenta ação da “Guarda Negra” em defesa do isabelismo. A 15 de novembro, a república foi proclamada no Brasil.
  • 1892: José do Patrocínio importou da França o primeiro automóvel que circulou no Brasil. Movido a vapor, o seu barulho espantava os transeuntes. Por ter publicado, no seu jornal, um manifesto de um dos chefes da Revolta da Armada, o marechal Floriano Peixoto desterrou Patrocínio para Cucuí, no alto rio Negro (Amazonas).
  • 1893: Proibida a publicação do periódico A Cidade do Rio, Patrocínio estava reduzido à miséria.
  • 1905: Numa homenagem a Santos Dumont, ao discursar, José do Patrocínio sofreu uma hemoptise; faleceu a 30 de janeiro

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s