Manifesto da FEB a respeito da decisão judicial sobre religiões de matriz africana

O Blog Espírita Luzes do Consolador une-se a todos os Espíritos Livres desse País e em uníssono com os mais profundos sentimentos de respeito à liberdade humana alerta: “Um povo sem livre expressão de religiosidade é um povo manietado por interesses escusos e abomináveis”.

ismael ligth

A DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS 
Adotada e proclamada pela resolução 217 A (III) da  Assembléia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948, é bastante clara em seus três primeiros Artigos:

Artigo I

        Todas as pessoas nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotadas de razão  e consciência e devem agir em relação umas às outras com espírito de fraternidade.   

Artigo II

        Toda pessoa tem capacidade para gozar os direitos e as liberdades estabelecidos nesta Declaração, sem distinção de qualquer espécie, seja de raça, cor, sexo, língua,  religião, opinião política ou de outra natureza, origem nacional ou social, riqueza, nascimento, ou qualquer outra condição. 

Artigo III

        Toda pessoa tem direito à vida, à liberdade e à segurança pessoal.

A Federação Espírita Brasileira, através de seu Presidente declara no ofício nº 29/2014  de 21/05/2014 :

 
LOGO FEB 130

Oficio nº. 29/2014 Brasília, 21 de maio de 2014.

Assunto: manifesto sobre decisão justiça sobre religiões de matriz africana.

A Federação Espírita Brasileira – FEB vem a público solidarizar-se com as religiões de matrizes africanas, em especial ao Candomblé e Umbanda, no reconhecimento de suas características religiosas e na necessidade de respeito à diversidade religiosa pelos poderes públicos constituídos no dever de garantia da laicidade do Estado.

Em um momento que as diversas expressões religiosas se unem para um diálogo contra a intolerância, imprescindível se faz o repúdio às ações discriminatórias que ofendem os Direitos Humanos gerando preconceito e fanatismo.

A lição de amor ao próximo conduz, necessariamente, à formação de uma sociedade que promova o respeito e o diálogo inter-religioso fomentando a fraternidade e  solidariedade entre todos, bem como liberdade de consciência e de crença.
Cordialmente,

Antonio Cesar Perri de Carvalho
Presidente da Federação Espírita Brasileira – FEB

 

http://www.febnet.org.br/blog/geral/conheca-a-feb/manifesto-da-feb-sobre-decisao-judicial-sobre-religioes-de-matriz-africana/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s